UMA REFLEXÃO SOBRE A MATEMÁTICA DA ESCOLA COM A MATEMÁTICA DO COTIDIANO

  • Doris Neia Menezes Ribeiro
  • Sebastião Gessy da Fonseca
Palavras-chave: Aluno, Matemática, Reflexão, Vivência, Escola, Interação

Resumo

A preocupação básica deste estudo é refletir sobre a necessidade da contextualização da
matemática nos alunos dos anos finais do Ensino Fundamental com a matemática do cotidiano
desse aluno, relação que se faz essencial para que o processo de ensino-aprendizagem aconteça.
Este artigo tem como objetivo analisar a importância que o aluno deve dar a aprendizagem
matemática, não só como um conhecimento escolar, mas para a sua vida de forma processual e
construtiva. Pois é percebido esse distanciamento dos alunos de compreenderem e associarem
a matemática aprendida na escola com a matemática do seu dia-a-dia. Partindo daí, realizou-se
uma pesquisa bibliográfica considerando as contribuições de autores como Kamii, Vergnaud,
Morin, Piaget, Sadovsky, dentre outros, procurando enfatizar a relevância dessa
contextualização de conhecimento, bem como a necessidade de aprender em um processo
interativo de ação-reflexão ativo assimilando sempre a teoria com sua vivência. Concluiu-se a
importância de ter uma aprendizagem escolar atuante, mediando a experiência do aluno com a
aprendizagem escolar, de modo a garantir que o processo educativo formal aconteça com
qualidade.

Publicado
2020-01-28